17/01/2017
Motorista é indiciado por morte de menina durante enchente em Lavras

Adolescente de 14 anos morreu afogada, presa em carro levado pela água.
Polícia concluiu que homem dirigia alcoolizado ao tentar atravessar ponte.

 

Do G1 Sul de Minas

O motorista do carro arrastado por uma enchente junto com uma adolescente de 14 anos, que morreu afogada em Lavras (MG), foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e embriaguez ao volante. O inquérito foi concluído nesta segunda-feira (16) e, de acordo com o delegado Ailton Pereira, que acompanhou o caso, o mecânico de 47 anos vai responder ao processo em liberdade. Ele foi preso no dia 9 de janeiro, mas liberado do presídio da cidade no final de semana.

A adolescente Laís Vitória da Silva Francisco estava no carro do mecânico junto com a mãe e a tia, quando o veículo foi arrastado pelas águas de um ribeirão que divide os bairros Tipuana 1 e 2. No momento do acidente, na noite do dia 8 de janeiro, o motorista tentava atravessar uma ponte, mas chovia muito e o rio transbordou.

De acordo com os bombeiros, Laís, de 14 anos, ficou presa em carro e morreu afogada durante enchente que atingiu Lavras no final da noite deste domingo (8) (Foto: Reprodução/Redes Sociais)De acordo com os bombeiros, Laís, de 14 anos, ficou presa em carro e morreu afogada durante enchente
(Foto: Reprodução/Facebook/Laís Vitória da Silva Francisco)

O motorista e as duas mulheres conseguiram sair do carro pela janela antes que o veículo fosse levado pela correnteza. Laís ficou presa e morreu afogada. O corpo dela foi encontrado na madrugada do dia seguinte a 100 metros da ponte.

Durante as investigações, a Polícia Civil constatou que o motorista consumiu bebida alcoólica antes de dirigir e o homem admitiu à polícia que havia estado em um bar com a mãe e a tia da vítima. Em entrevista à EPTV Sul de Minasafiliada da Rede Globo, a tia de Laís, a manicure Elaine da Silva Teófilo, disse que a adolescente pediu para que o motorista não tentasse ultrapassar a ponte.

Segundo o delegado, o mecânico vai responder ao processo em liberdade por não apresentar risco ao trabalho da Justiça. "Ele tem bons antecedentes, residência fixa, carteira assinada há 14 anos na empresa em que trabalha, então é um direito dele responder em liberdade. Agora o inquérito foi remetido à Justiça", explicou Pereira.

G1 tentou contato com o motorista do carro, mas, até esta publicação, não havia obtido retorno.(G1.com/suldeminas)

 
Noticias
02/01/2018 - Feriado de Ano Novo termina com uma morte nas principais rodovias do Sul de Minas
30/10/2017 - Detentos fogem do presídio de Machado durante a madrugada
25/10/2017 - Previsões do mercado do café estimam safra com produção recorde em 2018
24/01/2017 - Vítimas de acidente com helicóptero seguem internadas em Passos,
24/01/2017 - Renovação e cadastro para Auxílio Transporte 2017
17/01/2017 - Motorista é indiciado por morte de menina durante enchente em Lavras
16/01/2017 - Mesmo com safra menor em 2017, café ainda deverá 'salvar' economia
13/01/2017 - UnB descarta que vulcão inativo tenha provocado tremor no Sul de MG
11/01/2017 - Aneel suspende análise de processo de implantação de PCH em Varginha
10/01/2017 - Motorista de carro em que adolescente morreu é preso em Lavras, MG
Próxima Última
 
 
Site hospedado por Svlink - soluções para sua web Rádio http://www.svlink.com.br
©Copyright 2011 - Todos os direitos Reservado Painel de Controle