09/12/2016
Médicos da UPA entram em greve por atraso salarial em Lavras, MG

09/12/2016 11h06 - Atualizado em 09/12/2016 13h25

Médicos da UPA entram em greve por atraso salarial em Lavras, MG

Segundo diretor clínico, profissionais estão sem receber desde setembro.
Unidade está realizando apenas atendimento de urgência e emergência.

 

 

Médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lavras (MG) entraram em greve nesta sexta-feira (9). O atendimento de casos clínicos foi interrompido e apenas urgências e emergências estão sendo tratadas no local.

De acordo com o diretor clínico da UPA, Afonso Gonzaga Maciel, cerca de 30 médicos cobram o pagamento dos salários, que estão atrasados desde setembro. Além disso, também são reivindicadas melhores condições de trabalho.

Ainda conforme o diretor, a UPA de Lavras atende em média 180 a 200 pessoas por dia. Os pacientes com doenças crônicas ou casos mais leves estão sendo encaminhados para os postos do Programa de Saúde da Família (PSF) dos bairros.

Até a publicação desta reportagem, a Prefeitura de Lavras não havia se pronunciado sobre a greve.

Crise financeira em Lavras
A greve dos médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lavras (MG) é só mais um capítulo na crise financeira que o município vive desde 2015. No mês passado, a administração informou que ainda não sabia se conseguiria pagar o décimo terceiro integral dos servidores ainda neste ano. No ano passado, o 13º também já havia sido atrasado.

Servidores deverão receber apenas 70% do décimo terceiro salário em Lavras (Foto: Reprodução EPTV)Prefeitura de Lavras não consegue cumprir obrigações com servidores desde 2015 (Foto: Reprodução EPTV)

Desde o ano passado, a administração anunciou várias medidas para tentar equilibrar as contas: cortou pessoal, diminuiu o horário de atendimento das secretarias e escalonou o pagamento dos salários, o que gerou manifestações e greves dos servidores.

Essa situação pode se repetir em várias outras cidades da região. Segundo a Associação Mineira de Municípios, cerca de 70% das prefeituras devem enfrentar dificuldades para pagar o 13º salário dos funcionários neste ano. A maioria enfrenta os mesmos problemas: queda na receita e aumento das despesas.(G1.com/suldeminas)

 
Noticias
30/10/2017 - Detentos fogem do presídio de Machado durante a madrugada
25/10/2017 - Previsões do mercado do café estimam safra com produção recorde em 2018
24/01/2017 - Vítimas de acidente com helicóptero seguem internadas em Passos,
24/01/2017 - Renovação e cadastro para Auxílio Transporte 2017
17/01/2017 - Motorista é indiciado por morte de menina durante enchente em Lavras
16/01/2017 - Mesmo com safra menor em 2017, café ainda deverá 'salvar' economia
13/01/2017 - UnB descarta que vulcão inativo tenha provocado tremor no Sul de MG
11/01/2017 - Aneel suspende análise de processo de implantação de PCH em Varginha
10/01/2017 - Motorista de carro em que adolescente morreu é preso em Lavras, MG
26/12/2016 - Homem morre após ser esfaqueado durante briga em Alfenas, MG
Próxima Última
 
 
Site hospedado por Svlink - soluções para sua web Rádio http://www.svlink.com.br
©Copyright 2011 - Todos os direitos Reservado Painel de Controle